7 de out de 2010

PREFEITA DE FORTALEZA EXPRESSA MÁGOAS E "ESQUECE DE ADMINISTRAR FORTALEZA"

"Derrotamos o neoliberalismo no Ceará e ninguém acreditou nisso”, comemora a prefeita de Fortaleza e presidente regional do PT, Luizianne Lins, ao ser indagada sobre a derrota do senador tucano Tasso Jereissati. Sem citar o nome do tucano, Luizianne disse que o seu partido saiu mais do que fortalecido do embate das urnas e obteve resultado histórico como fazer quatro deputados federais e quatro estaduais, com possibilidade de Dedé Teixeira, com recurso no STF, ser homologado.  
Luizianne Lins não gostou da escolha que Dilma Rousseff (PT) fez de incluir o deputado federal Ciro Gomes na coordenação da sua campanha neste segundo turno. Ela lembrou que Ciro passou boa parte da campanha no Ceará elogiando o senador Tasso Jereissati (PSDB), a quem diz ter derrotado a partir da escolha de mais um nome para a disputa ao Senado, no caso o petista José Pimentel. "Se não tem a candidatura do Pimentel, o outro senador iria ser eleito por inércia e nós evitamos isso", disse a prefeita, numa entrevista à TV Diário, em Brasília. 
Sobre esse assunto, o senador tucano Tasso Jereissati, que estava ontem em Brasília participando de reuniões sobre a campanha de Serra (PSDB) lamentou a postura de Luizianne de comemorar sua derrota. Para ele, a prefeita só  se dedica a destilar ódio, mágoa, quando devia cuidar de administrar Fortaleza.
Informações O Povo Online

Nenhum comentário: