30 de ago de 2010

GRANJA É ROTA DO TRANSPORTE ILEGAL DE MADEIRA?

A exploração ilegal de madeira ocorre com a retirada de árvores de espécies nobres em terras da União ou em áreas particulares sem a autorização do órgão ambiental. Além da redução de biodiversidade, o saque à floresta também causa diversos outros impactos como, a abertura de estradas clandestinas, a destruição de árvores jovens, a obstrução de igarapés e muitas vezes empregam pessoas sem respeitarem os direitos trabalhistas. Esta prática é considerada ilícita pela Lei de Crimes Ambientais (LEI Nº 9.605, DE 12 DE FEVEREIRO DE 1998.). A foto acima foi tirada sábado, 28 de agosto, a menos de 1km do distrito de Sambaíba vindo no sentido Timonha à Granja.

Foto: Tatá

Um comentário:

Anônimo disse...

Essa barbaridade de carradas e carradas de madeiras vem exatamente das imediações da Pirapora, onde já constamos a maldade que esse ato faz, em pleno mês de ago. n temos água nem p uso doméstico naqla região...salvo os mais apossados que tem um poço em cs.

E digo mais...toda essa madeira pertense ao Sr. Keule (ex prefeito de Uruoca) que sempre teve avará p isso (dizendo ele), sei bem que passe livre ele tem.