8 de mar de 2010

TODAS AS GESTANTES DO CEARÁ TÊM ACESSO A DOIS TESTES DE HIV

Com o objetivo de reduzir a transmissão de aids da mãe para o bebê e, assim, diminuir a mortalidade infantil no Ceará, a Secretaria da Saúde do Estado passa a garantir para todas as  mulheres dois testes de HIV durante a gestação. Às 14 horas desta segunda-feira, 8 de março, Dia Internacional da Mulher, no Laboratório Central de Saúde Pública – Lacen, o Secretário da Saúde do Estado, João Ananias, dará início a realização dos testes de HIV. O Lacen, unidade da rede estadual de saúde, fica na Avenida Barão de Studart, 2405, Aldeota.
A estimativa é de que há, no Ceará, 533 gestantes com HIV. “Facilitando o acesso, garantindo a universalização dos testes às gestantes dos 184 municípios, teremos impacto na redução desse número e na qualidade de vida dos bebês e das mães”, afirma João Ananias. Para a universalização dos testes, a Sesa investiu R$ 1, 9 milhão, recursos do Tesouro do Estado, na compra de insumos e kits. A rede de seis laboratórios do Lacen foi estruturada e equipada para a realização dos testes, além da preparação dos profissionais. Mais dois laboratórios integram a rede, o Centro de Especialidades Médicas José de Alencar, do município de Fortaleza, e o laboratório do município de Sobral.
Na rede estruturada dos oito laboratórios públicos, os testes de HIV serão feitos após a realização dos exames de sífilis nos municípios. Por isso, outro objetivo é reduzir o número de casos de sífilis congênita. Este ano, para 443 casos e em 2011  para 429 casos. Em 2006 foram notificados 456 casos da doença, em 2007 o total de casos ficou em 452, em 2008 fechou em 505. Só para se ter uma ideia das causas, dos 452 casos de sífilis congênita notificados em 2007, 23% das mães não fizeram pré-natal, 56% não tiveram o diagnóstico de sífilis durante a gravidez e 71% não tiveram os parceiros tratados.    

Assessoria de Imprensa da Sesa
Selma Oliveira (solivera@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220)

Fonte: AQUI 
Por Tatá

Nenhum comentário: