13 de out de 2011

EX-PREFEITO DE CHAVAL É CONDENADO POR IMPROBRIDADE ADMINISTRATIVA E MULTADO PELO TCM

O ex-prefeito de Chaval, Paulo Sérgio de Almeida Pacheco, teve contas julgadas irregulares, sendo condenado por improbidade administrativa e pagamento de multa. A decisão nesse sentido foi tomada, no último dia 05 de Outubro, durante sessão da 2ª Câmara de julgamentos do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). Paulo Pacheco terá que pagar multa de R$ 15.376,00 além de um débito de R$ 716,47. Na mesma sessão foram julgados outros processos envolvendo gestores públicos municipais. A ex-prefeita de Aquiraz, Ritelza Cabral Demétrio, terá que devolver aos cofres do município a importância de R$ 2.029.220,66. José Jadson de Almeida Vieira, secretário de infraestrutura e recursos hídricos de Boa Viagem, em 2007, terá de pagar multa de R$ 10.641,00. A prestação de contas de gestão de Francisco Rubens Araújo Brilhante na Secretaria de Esporte e Juventude de Boa Viagem, em 2008, foi julgada irregular e, além de nota de improbidade administrativa e multa de R$ 1.744,00, foi imputado um débito de R$ 133.000,00. Ângela Maria Carneiro Machado, como gestora do Fundo de Educação de Coreaú, em 2009, teve as suas contas julgadas irregulares com multa de R$ 25.026,00 e débito de R$ 3.437,30. Fonte: Barroquinha Notícias (BN)

Nenhum comentário: