11 de jun de 2011

TIMONHENSE CHEGA AO SEU CENTENÁRIO LÚCIDO E COM SAÚDE

Nascido no dia 11 de junho de 1911, em Camocim-Ce, filho de João Firmino Fontenele e Francisca Firmino Fontenele, Caetano Antônio Fontenele (foto) completa hoje (11) 100 anos de existência. Com 22 anos de idade, isso em julho de 1932, Caetano veio à Timonha a passeio com um amigo que logo no outro ano foi embora, pois Caetano havia conhecido e se apaixonado por Nelsa Machado da Conceição, com quem se casou e teve 11 filhos: 7 homens e 4 mulheres (dois homens morreram ainda bebês). Dos 9 que conheceram a vida adulta apenas Francisca Machado Fontenele faleceu. Em vida: Jaime Machado Fontenele (presente), Francisco de Assis Machado Fontenele, Francisco Antônio Machado Fontenele, Atanázio Machado Fontenele, Expedito Machado Fontenele (presente), Maria das Dores Machado Fontenele (presente-com quem mora), Francisca das Chagas Machado Fontenele e Nilza Machado Fontenele. São 31 netos. Sua esposa já tem 42 anos de falecida (19/02/1969).
Caetano, o centenário, sempre foi pedreiro e trabalhou do início ao fim na construção da Igreja Matriz de Santa Luzia. Pra sustentar a família, vivia indo a lugares longínquos pra exercer sua profissão. Ele relata, pois ainda se encontra lúcido, que foi padeiro em Timonha e quando fazia os pães saia de jumento vendendo pelos mais distantes recantos. "Criei meus filhos com muitas dificuldades, passamos fome. Pegava a farinha branca e molhava, depois deixava de molho e ia cortar os toicinhos bem miudinhos e colocava pra torrar. Depois misturava bem com a farinha e ficava uma farofa que chmávamos de 'cafôfa' (risos). Um bocadin pra cada", lembra Caetano. Se diz feliz, dono de uma saúde invejável - só foi duas vezes a um hospital, e pra fazer exames. Come super bem. "Minha banana não pode faltar no almoço", ele diz como quem realmente não conversa em "serviço". Dona Dores, a filha com quem mora, o trata super bem. São três banhos por dia, o "barla" não falta, enfim, deu pra se notar o charme e o cheiro agradável de um senhor que tem quase 37.000 dias de vida bem vividos. Adora contar suas façanhas de quando viajava e/ou de outras situações. 
Parabéns pelo centenário de um cidadão que construiu parte da minha, sua, da história em especial do povo timonhense. Caetano Antônio Fontenele merece nossa admiração, reconhecimento e o respeito que deve receber um centenário.
A missa de benção dos 100 anos será às 19h na Igreja Matriz de Santa Luzia. Veja mais pôses de Caetano, clicando AQUI. (Fotos: TN)

2 comentários:

jocelio disse...

parabens seu caetano!!!!!

wallyson disse...

Parabes vozinho tudo de bom, que o senhor permanesa com a gente pro muitos anos. E um bjs des seus netos WALLYSON,WESLLEY e sua filha NILZA.