17 de jun de 2011

PROFESSORES ESTADUAIS SE REÚNEM EM ASSEMBLEIA

De acordo com o presidente do sindicato da Apeoc, Anízio Melo, os professores estaduais vão discutir na assembleia a proposta global do governo. Com base nessa proposta, a categoria vai avaliar e se aceita ou não o processo de negociação. Caso não haja aprovação, pode ser discutido indicativo de greve. A categoria quer fortalecer o processo de negociação . O Estado já  cumpriu as pendências de 2010, a formação da comissão institucional de negociação entre outras ações, no entanto, está faltando apenas a proposta global e as propostas de carreira para a categoria. Eles querem a valorização da profissão de professor do estado, como gratificações especiais e  garantia do pagamento das férias proporcionais aos 45 dias, que está na Constituição. O valor deve ser pago em cima dos 45 dias de férias e não apenas em cima dos 30. (Jangadeiro Online)

Nenhum comentário: