6 de mai de 2011

POSTO POLICIAL RODOVIÁRIO ESTADUAL DE GRANJA INICIA SEUS TRABALHOS

Com o objetivo de aumentar o número de apreensões de armas de fogo e drogas, bem como recuperar veículos roubados, além de outras incubências no que diz respeito ao trânsito legalmente constituído, a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) iniciou seus trabalhos no recente construído Posto de Fiscalização Rodoviária de Granja, neste último dia 03. 
No começo da noite desta quarta-feira (04), Francisco Alex Pereira, 37 anos, natural de Granja,  trafegava pela CE -085 na cidade de Granja em uma moto Honda CG 125 titan, cor vermelha, 1999 e sem placa. Os policiais resolveram abordá-lo e ao checar a moto através da numeração do chassi, descobriram que o veículo era roubado. O acusado foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Camocim e foi autuado pelo crime de receptação (artigo 180 do CPB). (CP24Hs)
Agora um questionamento que a população quer a resposta: Ainda na quarta-feira (04), uma D20 que transporta passageiros de Timonha à Granja estava parada em frente ao Zé Maroca, já quase de saída, quando o motorista foi abordado pela viatura 1257 do Ronda. Os policiais, depois do procedimento legal (solicitação de documentos), conduziram o veículo com os passageiros até o Posto Policial Rodoviário, onde foi liberado depois de alguns minutos sem nenhuma penalidade. O que se quer saber é até onde a aprreensão por parte do Ronda está fundamentalmente legal? Uma vez que, depois da indignação de um passageiro que se disse está se sentindo injustiçado pois não foi tomada essa medida quando até meio-dia, vários dos mesmos carros e na mesma situação, não foram aprrendidos, os oficiais se contradisseram: "É que está valendo a partir de agora" e o outro, "Não estávamos aqui pela manhã." Em seguida disseram está cumprindo a Lei.

2 comentários:

Mário Henrique disse...

Rapaz, o governo do estado tá botando é quente! Tá querendo mesmo arrecadar.

valdinar disse...

com todo respeito a polica do ceara, em protesto a alguns policiais, esses caras que vão a festejos do interios tipo adrianopolis e timonha, logico que fazem a seguranca mas tambem agem com uma certa força bruta sem respeitar qualquyer cidadão so porque acham que tem o poder saim fazendo e acontecendo pra cima de todo mundo.

sempre tem um coitados que gostam de aparecer mesmo.