28 de fev de 2011

MAIS UM "IN": DEPOIS DE INCONSTANTES, A NOVA POETISA TIMONHENSE TRAZ INCOERENTES

Quase tão longe que o sufoco aprende a respirar delírios incoerentes da realidade. Quase amor que o sentir já não sente a dor. Quase  vida que o profundo desespero se converte em sorriso e faz da lágrima o caminho mais curto ao teu encontro. Quase certeza que a própria dúvida, duvida de sermos capazes do fim. Quase sentimentos, que nos confundem e fazem dessa, uma existência de arrependimentos e lamentações! Quase vitória... onde o superior se rebaixa e a eternidade o faz ser esquecido! Incertos pensamantos que rondam a certeza daquilo que eu não sei e onde a mágoa passada se transborda e faz dele o melhor futuro. Sentidos confusamentes certos de que  o fim não chegou e não chegará. Consagrados amores que teimam em existir, mesmo depois de esquecidos e vividos...? E onde achar a certeza do esquecer? Onde poder te ver e já  não mais sentir o anseio de ser o teu meu em você? Como fazer do meu quase o teu tudo? Ao infinito rogo orações, clamores e pedidos... Aos amores, rendo a alma e tranco o sabor do incerto saber que me alimenta e me faz ver o essencial ao coração... E ao quase... peço o poder da realidade que me confunde e alimenta minha eterna ilusão! Reveja AQUI "Inconstantes", primeiro texto de Miqueline no TN. (Miqueline Ferreira - Fevereiro/2011).

5 comentários:

Jorge Muniz disse...

Parabens, és muito talentosa, continue sempre assim. Nao me canso de dizer o quanto é louvavel a atitude principalmente em uma epoca onde tudo é impregnado de futilidades, tantos atrativos sem conteúdo algum e ver pessoas rumarem contra tudo isso se dedicarem a uma coisa tao sublime, que é escrever, e melhor ainda é escrever sobre coisas boas escrever com sentimento. Que venham outros.

Atitude... disse...

Valeu....
xD
O melhor é fazem do inexplicável....Eternos poemas!"

Lalá disse...

Parabéns...see poema ficou excelente!!!

Francisco disse...

estou muito orgulhoso de ser seu amigo!!!

Hoje quando eu assece o timonha noticias,pensei! uma brisa de felicidade invadiu meu coração.
Pensei que pudesse ser pela noite bem dormida,
mas não era.

Ai fui sentindo uma necessidade de sorrir,
um motivo para estar alegre.

Olhei para o céu e por instante pensei que aquele Sol bonito
era o motivo de minha alegria.

Mas também não era. Não me preocupei em saber o que era,
estava apenas sentindo.

Foi quando eu comecei a pensar nas pessoas que eu gostava,
muita gente passou em minha mente, mas foi a poesia da minha linda amiga
que estava fazendo eu fika feliz e orgulho de ter uma amiga poeta.
sua amizade sempre me foi um alicerce, sempre humilde.

Você me ajudou e ajuda quando preciso.
Me peguei pensando em uma forma de te dizer
o quanto quero que sejas feliz.

E o resultado está ai, essa mensagem que embora
seja simples, é de todo coração.
E assim como sempre contei com a sua amizade,
saiba que poderá contar com a minha eterna amizade também.
de:Francisco David

Chaval Notícias disse...

Muito bom este blog de informações, siga-me:
http://chaval-noticias.blogspot.com