2 de dez de 2010

PREFEITO DE GRANJA AVISA QUE NÃO HÁ COMO PAGAR O DÉCMO TERCEIRO

Até o presente momento, a Prefeitura de Granja não tem dez centavos em caixa para pagar o 13º salário do servidor municipal. A informação é do próprio prefeito, Esmerino Arruda, que foi a Brasília expor a situação às autoridades federais. Segundo confirmou, não foi pago ainda nem sequer a primeira parcela, por total falta de dinheiro municipal e até mesmo federal, porque os repasses estão muito baixos. Em Brasília, Esmerino disse que vai tentar conseguir recursos para pagar pelo menos a primeira parcela do 13°. Mas, já adianta que a segunda parcela do 13° salário do funcionalismo municipal, “pelo que estou percebendo, no momento, não vai ter condição de ser paga, porque não vejo como conseguir os necessários recursos.” Por outro lado, informou que o mês de novembro vai ser pago em dia e do mesmo jeito o mês de dezembro, embora sem saldo para qualquer tipo de investimento. Segundo o prefeito, essa dificuldade não é só em Granja, pois muitas outras prefeituras estão com o mesmo tipo de problema. “Eu tenho conversado com muitos prefeitos, principalmente da Zona Norte do Estado, e eles têm me dito que não há dinheiro em caixa para pagar o 13º salário”, confessa. Justificando as dificuldades financeiras da Prefeitura de Granja, disse que o principal problema é a queda do Fundo de Participação dos Municípios.
(Camocim Online)

Um comentário:

Vicente Serrote disse...

Isso se chama falta de planejamento e irresponsabilidade fiscal. É simples basta, planejar!