20 de set de 2010

CHAVALENSE VÍTIMA DE RAIVA HUMANA NÃO RESISTE E VEM A ÓBITO

Expedito dos Santos, de 26 anos, que contraiu a raiva humana, primeiro caso da doença registrado este ano no Brasil, morreu na manhã deste sábado (18), no Hospital São José, em Fortaleza, onde estava internado desde o início do mês. Ele teve parada cardíaca. A morte foi confirmada pelo infectologista e diretor do Hospital São José, Anastácio Queiroz. O caso da doença foi confirmado como sendo o primeiro do ano pelo Ministério da Saúde e Secretaria de Saúde do Estado (Sesa). Segundo relatos da família, Expedito foi atacado por uma cadela, que nunca tinha sido vacinada contra a raiva, e que era criada dentro de casa, na localidade de Carneiro, em Chaval, distante 425km de Fortaleza. De acordo com nota técnica da Secretaria de Vigilância em Saúde do ministério, a suspeita da doença foi notificada no dia 2 de setembro. Dois dias depois, testes do Laboratório de Referência Nacional para Raiva, do Instituto Pasteur de São Paulo, confirmaram a presença do vírus da raiva. No Ceará, este é o primeiro registro desse tipo desde 2003 (em 2005 uma pessoa contraiu a doença, mas transmitida por um sagui).

(Barroquinha Notícias)

2 comentários:

valdinar disse...

o que e um sagui?

abr
valdinar

Daniel A. Oliveira disse...

É bom saber que Timonha(Pitimbu)está em contato com o mundo,eu acabei de descobrir.Parabéns à iniciativa.

Daniel A. Oliveira.