8 de mar de 2010

TEM GENTE QUE APROVEITARIA OS 21 DIAS (PELO MENOS É O QUE DIZIAM). "ARRIÉGUA!"

Após 21 dias com pênis em ereção, homem termina ficando 'broxa'

Um empresário indiano de 55 anos quase perde a vida por causa de uma noite calorosa de amor. O homem, pai de dois filhos, foi parar no hospital após uma ereção que durou 21 dias. O sujeito não tomou uma overdose de Viagra. O motivo de tanta, digamos, dureza é uma desordem do sistema nervoso periférico, chamada priapismo.
Enquanto homens normais, perdem a ereção após o fim da excitação sexual, os que sofrem de priapismo falham ao voltar ao normal. Segundo os médicos, o homem passou por uma cirurgia de emergência e, para sua infelicidade, deve ficar impotente. A ereção prolongada causa danos permanentes ao órgão sexual e pode até levar à morte. Casos como o do empresário, devem ser tratados em até seis horas. Por isso, o fato de ter sobrevivido a uma ereção de 21 dias pode ser considerado um grande milagre.
Fonte: JL
Por Tatá

Nenhum comentário: